ir
Bandeira de identificação do portal
Atualizado em 13/10/2017 16:48
Mais informações sobre o conteúdo Impressão

Aprovada resolução que regulamenta o rezoneamento eleitoral solicitada pelo TSE

Foi aprovada na sessão plenária da última quarta-feira (11), a resolução n. 219/2017 que estabelece o rezoneamento no âmbito do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), prevendo a extinção de zonas eleitorais, conforme critérios estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A previsão inicial era de que 56 zonas gaúchas seriam extintas. O número foi reduzido e devem passar pelo processo de remanejamento - resultado de relatório formulado por uma equipe técnica, organizada pelo TRE-RS, contendo justificativas de manutenção das zonas, e apresentado ao TSE pelo presidente da Justiça Eleitoral gaúcha, desembargador Carlos Cini Marchionatti.

Com a aprovação do rezoneamento estabelecido, as zonas extintas se transformarão em Postos de Atendimento Eleitoral, com a manutenção da estrutura e servidores lotados nas áreas.

Visando aprimorar o trabalho e economizar gastos com as zonas eleitorais, mantendo o foco na qualidade do atendimento ao eleitor brasileiro, a norma do rezoneamento também prevê que os eleitores das zonas extintas deverão ser redistribuídos para as zonas eleitorais cuja localização privilegie o acesso dos eleitores, preferencialmente sem alterações em seus locais de votação. Ou seja, o eleitor não será prejudicado nesse processo de remanejamento.

O TRE-RS, mais uma vez, reconhece a atenção do TSE para com a justificativa apresentada.

Lista das Zonas Eleitorais extintas:
106ª ZE - Gramado
109ª ZE - Tapera
126ª ZE - Sapucaia do Sul
139ª ZE - Cachoeirinha
147ª ZE - Santa Maria
167ª ZE - Ronda Alta
170ª e 171ª ZEs - Canoas

Texto: Daniel Campos
Supervisão: Cleber Moreira
ASCOM/TRE-RS
Mapa do site
Selo Ouro CNJ










Carregando...